terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Flamboyant



Você me mostra a beleza das cores,
Eu te ensino a beleza no nome
Você me ensina a fechar os olhos e sentir
Eu te mostro o que você não consegue enxergar.

Você morde os lábios quando me olha
Eu mordo a língua ao pensar em você
Você morde meu pescoço querendo me ter
Eu te enveneno com mais uma dose de mim.

Você me pergunta com a dúvida do não
Eu te respondo com a certeza do arrependimento
Você me diz que faria diferente
Eu acho que faria tudo igual.

Você me olha pedindo aventuras
Eu te calo querendo mansidão
Você me empurra contra seu corpo
Eu te puxo pra solidão.

Você tem certeza do destino desconhecido
Eu tenho a dúvida do passado inacabado
Você me diz que ama agora intensamente
Eu te olho, e sei que só o tempo dirá.

Isabela Moraes
21/12/09

2 comentários:

  1. IT'S NICE, ACHEI LINDO E FORTE O POEMA,SE TIVER E QUIZER ME MOSTRAR MAIS,PODE MANDAR PRA,MARCIORDS07@HOTMAIL.COM,I HOPE TO SEE MORE,KISS

    ResponderExcluir