segunda-feira, 28 de junho de 2010

Rosa da Pedra

Não parece, mas ela é flor
Estranham sua falta de cor
É meio feia, cinza e desbotada
Parece tão seca, coitada

Aos olhos, não tem beleza
Ao tocá-la só se sente frieza
Se tivesse espinhos, não seria bonito
Apesarde ser um cacto, esquisito

No nome ela é rosa,
No inverno fica toda prosa
E mostra então suas flores
Enquanto morrem alguns amores

Isabela Moraes
27/06/2010

2 comentários:

  1. Noosa Isabela, coitada da rosa de pedra!!!Eu a acho lindíssima....E é uma planta muito, muito resistente, pois tenho uma mudinha em casa e nem sempre me lembro de cuidá-la, (vergonha!!!), e ela está lá firme e forte...linda linda e linda!!!E como cresce se esparrama esbanjando seu exotismo, e mostrando que nem sempre as cores são necessárias....ela se sobressai por si só!bjos....

    ResponderExcluir
  2. Essa flor eu não conhecia.. Sempre bom conhecer flores de poema!

    ResponderExcluir