sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O que a gente faz para ser amado

"- Mais que tudo, Deus adora ser admirado.
- Então Deus é vaidoso?
- Vaidoso, não. Só quer compartilhar o que é bom. Deus deve ficar furioso quando alguém passa pela cor púrpura nos campos, e nem se dá conta.
- Está dizendo que Ele só quer ser amado, como diz a Bíblia?
- É Celie, tudo no mundo só quer ser amado. A gente canta e dança e grita porque queremos ser amados. Olhe as árvores, elas fazem tudo que a gente faz para chamar a atenção, menos andar."
(A Cor Púrpura)

 A gente luta, a gente briga, a gente chora, grita, nega, esconde, finge que não sente o que sabe que sente. Ninguém quer se sentir assim. A gente acha que pode mudar as coisas, quebra a cara, parte o coração, vê o quão desprotegido está. Vê que não pode fazer muita coisa. A gente foge, é. Foge. Corre o mais rápido que pode e quando para e olha para dentro da gente aquilo ainda está lá. Então a dor nos ataca e a gente cai. Ah, quantas vezes a gente cai. A gente promete nunca mais fazer. E a gente faz de novo. Porque a gente faz por amor, e esquece de se perguntar se é certo ou errado. A gente sofre e pede ajuda, pede abrigo. E conta tudo, porque a gente acha que alguém pode nos ajudar, nos apoiar. A gente descobre que tem gente que um dia vai zombar da nossa dor, que tem gente que vai jogar na nossa cara a ajuda que nos deu. Tem gente que nos dá a mão pra levantar pra ter o prazer de jogar na lama de novo. A gente descobre que tem gente que mente, que engana, que é cruel. A gente aprende a ser cruel também e perde a inocência do amor puro. A gente começa a gostar do que nos apontam como errado. No fim das contas, a gente quer é ser feliz, ser amado. E se o errado nos ama, então a gente abraça o erro com a maior displicência. A gente ama. A gente é gente também.
Isabela Moraes
12/01/2011

"Que culpa a gente tem
De ser feliz
Que culpa a gente tem
Meu bem?!
O mundo bem diante do nariz
Feliz aqui e não além...
"
Tão seu - skank

Nenhum comentário:

Postar um comentário